24 de agosto de 2020

Pessoas devem procurar equilíbrio entre remuneração e satisfação

Prestar atenção aos sinais de insatisfação é importante para buscar um novo emprego – PIXBAY

No início do ano, o site de empregos Catho divulgou uma pesquisa que apontava o desejo de mudança de emprego do brasileiro. E os dados são impressionantes: dos 7 mil entrevistados, 92% afirmaram querer mudar de emprego em 2020.

Ainda durante a pesquisa, a Catho concluiu que apesar da vontade de mudar de emprego, várias são as razões dadas pelos entrevistados para continuar no trabalho em que já estão: 50% das respostas apontaram muita concorrência como motivo, 29% não ter um currículo competitivo, 20% têm receio em perder a estabilidade, 14% o receio em perder os benefícios, e 13,5% o medo de arriscar. E olhe que, durante a coleta de dados, ninguém imaginava o desafio que tínhamos pela frente: a pandemia do coronavírus e sua consequente recessão econômica.

>>> 1º relatório sobre mercado Audens 2020

Mas o que leva os brasileiros a tamanha insatisfação com seus trabalhos? Por que esse desejo de mudança? Procurar algo que as remunere melhor é, provavelmente, um dos principais motivos de mudança, assim como encontrar um emprego mais alinhado a seu perfil e expectativas profissionais. Ter mais qualidade de vida e trabalhar mais perto de casa também são fatores decisivos.

Para Filipe Carneiro Leão, Consultor da Audens, consultoria especializada em recrutamento e seleção de profissionais, o maior desejo é encontrar o equilíbrio: “Para um profissional ficar satisfeito com uma mudança de emprego é necessário haver o equilíbrio entre remuneração e qualidade de vida. Não adianta a vaga pagar um excelente salário se o profissional ficará longe de sua família ou trabalhando de maneira excessiva. As empresas devem atentar para uma satisfação completa do profissional, o que resulta em maior eficiência e prazer na atividade.”, ponderou Filipe.

Mas será que está na hora de buscar algo novo? Aqui vão alguns sinais que te ajudarão a detectar se é hora de buscar novos ares:

Perder a vontade de ir trabalhar

Não há nada pior do que fazer algo por obrigação e sem prazer. Óbvio que trabalho é trabalho, mas é necessário encontrar o mínimo de vontade, um bom motivo para acordar e ir ao trabalho.

Se você já não consegue encontrar um bom motivo para ir a seu trabalho, se aquilo parece uma tela em preto e branco, é sinal de que seu ciclo naquela empresa está chegando ao fim.

Não estar envolvido em um projeto desafiador

O ser humano, via de regra, é movido a desafio. Ter algo novo para entregar, estar envolvido nos projetos mais importantes da empresa são motivadores para continuar crescendo e buscando desenvolvimento.

Não é sempre que temos essas oportunidades, mas precisamos buscá-las. Se você se sente à margem do que realmente importa na empresa, melhor buscar um novo projeto, algo que lhe brilhe os olhos de verdade.

>>> Saiba por que é tão importante ter um plano de carreira e não apenas um emprego

Realizar as atividades no automático

Sabe aquele trabalho previsível, repetitivo e extremamente maçante? Ele cansa, enjoa e nos deixa estafados e desanimados.

Obviamente, todo trabalho tem atividades repetitivas, burocráticas e cotidianas, mas sempre temos que buscar aprender algo novo, que ainda não sabemos fazer e que dá aquele frio na barriga.

Trabalhar no automático é como andar pra frente. Como se motivar assim?

Perder a admiração pelo gestor

No mundo corporativo fala-se que oito em cada dez profissionais pedem demissão por causa do chefe. Apesar de não haver comprovação formal desse número, o sentimento é esse mesmo.

Se seu chefe é um tirano, não é um exemplo, não deixa claro seu desenvolvimento na empresa e, principalmente, não te dá feedback, algo precisa mudar.

Parece brincadeira, mas, muitas vezes, os funcionários é que demitem seus chefes!

>>>> Por onde começar a busca por um novo emprego? As dicas essenciais para voltar ao mercado de trabalho

Ter a impressão de que o dia não acaba

Sabe quando você olha no relógio e o tempo não passa? E quando dá a hora de ir embora e o alívio é enorme? Esses são sinais clássicos de quem não está feliz no trabalho.

Se você sente uma sensação de liberdade quando sai do seu trabalho e fica angustiado na manhã seguinte, melhor buscar algo novo, onde se sinta bem e acolhido.

Estar indo trabalhar só por dinheiro

Dinheiro é algo realmente importante. É com ele que conseguimos pagar as contas, oferecer uma boa escola aos filhos, dar segurança a nossa família.

Mas fique atento, se você trabalha só pelo dinheiro, algo está errado. Uma hora a conta chega e você não vai aguentar. O equilíbrio entre satisfação e remuneração nem sempre é fácil conseguir, mas corra atrás dele.

Esses são apenas alguns sinais de que pode estar na hora de buscar algo novo. Se você sente alguns deles, melhor ficar de olho no mercado, se provocar, sair um pouco da zona de conforto. Algo novo e surpreendente pode estar te esperando. Não tenha medo e vá em frente!

 

Conteúdo postado originalmente na Coluna Carreiras e Mercado de Trabalho, de Felippe Pessoa, no site do Jornal do Commercio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *