11 de outubro de 2021

As vagas temporárias de final de ano estão começando a surgir. Prepare-se para elas.

O fim do ano está chegando e, com ele, as vagas temporárias. É bem verdade que a economia não vive seus melhores dias; a inflação acumulada nos últimos 12 meses é de 10,25%, segundo dados divulgados na última sexta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Esse número atinge diretamente a cadeia de produção, o poder de consumo das famílias e, consequentemente, acentua a dificuldade em conseguir um emprego formal. Sendo assim, um emprego temporário pode ser uma luz no fim do túnel.

Pessoas trabalhando em Vagas temporárias

Apesar da diminuição nos casos de Covid e a vida começando a voltar à normalidade, as consequências deixadas pela pandemia ainda persistirão por um bom tempo. Mas o mercado está confiante numa virada de chave; de acordo com a Associação Brasileira do Trabalho Temporário (Asserttem), nos meses de outubro, novembro e dezembro devem ser disponibilizadas 565 mil vagas temporárias, diante das 471 mil de 2020. E, para alguns desses profissionais, a esperança de conseguir um emprego fixo pode se tornar realidade, afinal, a taxa de efetivação gira em torno de 22%. Outra pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) estima que 105 mil vagas serão abertas no país até dezembro pelos setores varejista e de serviços. Mais um sinal de que o varejo continua sendo um dos maiores contratantes de profissionais temporários focado em atender a demanda e não perder nenhuma venda.

>>> 5 perfis de empreendedores de sucesso para seguir no Instagram

>>> Você sabe o que é uma carreira em Y? Especialista explica vantagens e desvantagens

Muita gente ainda torce o pescoço para as vagas temporárias, mas elas podem ser a porta de entrada para o mercado de trabalho. E esse é um excelente caminho voltar a trabalhar ou trilhar uma carreira. Além de dar uma primeira oportunidade a muita gente, existem outras vantagens em aceitar a vaga:

Experiência na área

Se você der a sorte de encontrar um trabalho temporário na sua área de estudo ou que tem experiência prévia, melhor ainda. É muito comum estudantes aproveitarem as férias para ganhar uma graninha extra e ainda aprofundar os conhecimentos na área; para os já experientes, pode ser uma oportunidade de voltar ao mercado.

Networking

Eis aí um fator importantíssimo para qualquer profissão. Conhecer outros profissionais que atuam na área e ter a oportunidade de mostrar seu trabalho a eles é uma das maneiras mais eficazes de ser lembrando.

Não tenha dúvidas, se você trabalhou bem e fez boas relações, as oportunidades surgem. Quem é bom no que faz, é sempre lembrado.

Menos burocracia

Um processo seletivo para uma vaga formal de emprego leva um tempão. São várias etapas, desde enviar o currículo, triagem, entrevistas, testes. O emprego temporário é

mais prático. Para simplificar o processo e ganhar agilidade, o governo permite que essas contratações sejam feitas com bem menos burocracia.

Oportunidade para voltar ao mercado

Se não deu para escapar do desemprego e conseguir um emprego está difícil, foco nas oportunidades temporárias. Pode não ser o ideal, mas já é um começo.

A dica é aceitar a vaga e continuar buscando um trabalho fixo. Profissionais que estão atuando têm mais chances de levar a melhor.

Flexibilidade

O mercado de trabalho pede perfis profissionais mais flexíveis. Ao trabalhar como temporário, o profissional precisa se adaptar as regras e a cultura da empresa em tempo recorde. E esse é um excelente exercício.

Trabalhar em empresas com estilos diferentes dá mais jogo de cintura e pode fazer de você um profissional mais aberto à mudança e mais preparado para se adaptar em qualquer lugar.

 

Sendo assim, se você está desempregado ou querendo uma chance de entrar no mercado, aposte nas vagas temporárias. Elas podem reservar uma grata surpresa.

Conteúdo postado originalmente na Coluna Carreiras e Mercado de Trabalho, de Felippe Pessoa no site do Jornal do Commercio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *